Seu Madruga will go on

Para você, querido colega de bar, que parou para ler e ouvir o Braincast 137 – Chaves, Chapolin e o legado de Bolaños e ficou curioso sobre o vídeo “Seu Madruga Will Go On” que comentaram, eis ele aqui.

Esse é um clássico que eu gosto muito. Sempre que posso comento e recomendo esse vídeo para amigos e aqui não seria diferente. Para os que não conhecem, o vídeo usa a música “My skateboard will go on” da banda Anamanaguchi. A banda é de New York e faz um Indie Rock Chiptune, fazendo seu alto e rápido com um NES de 1985 hackeado.

Curte um nintendinho 8-bits? curte chaves e chapolin? Vê logo o vídeo então.

Braincast 137 – Chaves, Chapolin e o legado de Bolaños

capa_BRAINCAST137_chaves_960X540

Ai que burro, dá zero pra ele. Foi sem querer querendo. Palma, palma, não priemos cânico. Ninguém tem paciência comigo. Se aproveitam da minha nobreza. Tá bom, mas não se irrite. E agora, quem poderá nos defender?

Minhas anteninhas de vinil estão detectando a presença do inimigo. Já chegou o disco voador! Outro gato! Suspeitei desde o princípio. Seria melhor ter ido assistir o filme do Pelé. Isso, isso, isso! Não contavam com a minha astúcia.

Volta o cão arrependido com suas orelhas bem fartas, com o seu osso roído e o rabo entre as patas. Se aproveitam da minha nobreza. Todos os meus movimentos são friamente calculados.

Sigam-me os bons!

Hoje cedo eu estava trabalhando quando recebi um e-mail do B9 falando sobre o Braincast 137 e como sou grande fã do Roberto Bolaños, resolvi ouvir o podcast. Vale dizer que nunca havia ouvido o Braincast antes e foi uma experiência muito bacana, eles abordaram diversos pontos interessantes da história do Bolaños, passando por parte do seu caminho até chegar ao Chapolin e ao Chaves, falaram um pouco sobre os demais personagens das séries e deram suas visões notálgicas sobre o tema.

Como falei, foi a primeira vez que parei para ouvir ao Braincast mas, pelo programa 137, com certeza ouvirei mais vezes.

Ficou curioso e quer ouvir também? Dá uma passadinha no Braincast 137 – Chaves, Chapolin e o legado de Bolaños.

Morre Roberto Gómez Bolaños – O criador do Chaves

625_315_1417207734chaves

Hoje é um dia triste para toda a equipe do CervejaBem. Morre um grande gênio, um profissional sem igual. Poucos ao longo da vida tiveram ou terão tanto sucesso, habilidade e genialidade como Roberto Gómez Bolaños.

Não acredita em mim?
Basta analisar, o primeiro episódio de chaves foi ao ar em 20 de junho de 1971 no México. No Brasil, o programa estreiou em 1984 e está no ar até hoje, 30 anos depois.

Coincidentemente, estava conversando com uma amiga ontem e falei sobre o fato de, apesar de não ser tão velho, ter assistido chaves em preto e preto na televisão de minha querida avó. Eu, assim como muitos outros, sentiremos imensamente a falta do Chespirito.

Não sou um cara religioso, mas acredito que se há um paraíso ou um outro mundo melhor além deste, Roberto Gómez Bolaños tem seu lugarzinho garantido lá. Rest in Peace.